O que a inovação em saúde ganha com a abertura de capital estrangeiro?

Publicado por: Empreender Saúde, 21/01/2015 em 03/02/2015

{T:CONT_TITULO}

Ontem vimos uma mudança bastante significativa na legislação brasileira: foi publicada no Diário Oficial a lei 13.097, que permite a entrada de capital estrangeiro na oferta de serviços de saúde. Muitas mudanças podem acontecer com esta abertura, mas queria focar em uma área específica de investimento que ainda é bastante incipiente no Brasil: a inovação.

Vamos começar a ver quais os melhores hospitais do mundo, de acordo com uma lista da Healthcare Global:

Johns Hopkins Hospital, em Baltimore, EUA: berço da engenharia genética. Parceiro do Hospital Moinhos de Ventos, de Porto Alegre-RS desde 2013.

Asklepios Klinik Barmbek, Alemanha: maior operador privado de hospitais da Europeu. Entre os melhores em matéria de inovação e tecnologia médica.

Universidade do Texas MD Anderson Cancer Center, EUA: mais conhecido centro de câncer dos EUA. Recentemente firmou convênio com o Hospital Einstein, de São Paulo.

Brigham and Women’s Hospital, EUA: Localizado em Boston, é um dos maiores prestadores de Massachusetts e a segunda maior filial de ensino da Escola de Medicina de Harvard.

Great Ormond Street Hospital, Reino Unido: Associado à University College London e é o maior centro de pesquisa e ensino de pós-graduação em saúde infantil na Europa.

Wooridul Spine Hospital, Seul, Coreia do Sul: Principal referência mundial em cuidados da coluna.
Shouldice Hospital, Canadá: Nome mais famoso do mundo no tratamento de hérnia abdominal. Foi base para estudos da Harvard Business School.

Bumrungrad International Hospital, Tailândia: Mais conhecido pelo turismo médico, é o maior hospital privado no Sudeste Asiático.Tem sua própria agência de viagens.

Anadolu Medical Center, Turquia: Líder em oncologia graças ao Centro de Transplante de Medula óssea. É afiliado ao Hospital Johns Hopkins.

Gleneagles Hospital, Singapura: Principal hospital do Grupo Hospitalar Parkway, é uma instituição multi-disciplinar que está na vanguarda da tecnologia médica.

Duas coisas interessantes de serem reparadas são que, em muitos deles, (1) a inovação e a forte presença de tecnologia médica são um dos motivos que os fazem despontar e (2) a inovação e o investimento de ponta em uma especialidade específica também determinam a qualidade de alguns destes.

Um último fator bastante interessante é a questão de parcerias com Universidades e outros hospitais que são referência em algumas áreas para o investimento na educação e pesquisa dentro da instituição.

Por que estou tratando destes fatores? Para termos um hospital brasileiro em uma lista de 10 melhores hospitais do mundo, um investimento altíssimo deve ser realizado na instituição, parcerias com universidades de ponta devem ocorrer e colaboração entre o setor de saúde para um crescimento de toda a área será imprescindível.

Certamente, o investimento não precisa vir de fora e pode ser realizado dentro do país, mas, se considerarmos que o Brasil investe cerca de 10% do nosso PIB, isso significa que todo o nosso sistema, considerando público e privado, recebe metade do investimento em saúde que é realizado somente no estado da Califórnia.

Dinheiro não é tudo, também sabemos disso. Podemos torcer para que a cultura de inovação dentro das instituições de ponta possa ser trazida em um nível maior para o Brasil. Instituições como Mayo Clinic, United Health e outras são grandes referências para nossos serviços, mas podem se tornar uma realidade mais próxima.

Segundo Balestrin, em entrevista para nossa equipe, [a lei 13097]“ abre o Brasil para a modernidade, em áreas de processos de gestão, como governança corporativa e conhecimento e em tecnologia da informação, por exemplo.” Este investimento em TI pode ser significativo para uma maior disseminação da tecnologia dentro dos hospitais brasileiros, melhorando a eficiência do sistema como um todo e servindo um cuidado melhor.
 

Tag(s): Notícias

Praia do Flamengo, 66B sala 401 - Flamengo - Rio de Janeiro - RJ
Cep: 22210-903 Tel: 21 2285-6052


Copyright © 2014 - SBAO - Sociedade Brasileira de Administração em Oftalmologia