Artigo de conselheiro no Estadão afirma que Mais Médico é eleitoreiro

Publicado em: 24/07/2014

{T:CONT_TITULO}
Em artigo publicado nesta sexta-feira (18) no jornal O Estado de S. Paulo, o 1º secretário do Conselho Federal de Medicina (CFM), Carlos Callegari, afirma que o aniversário de um ano do Mais Médicos confirma a vocação eleitoreira do programa. “Foi uma aposta midiática do governo que, após os protestos de junho de 2013, espertamente se apropriou do pleito legítimo da população por melhoria da assistência”, critica.
 
O conselheiro afirma que pouca coisa se viu além da importação maciça de intercambistas cubanos. “Permanece a carência de recursos, a gestão pífia e a falta de infraestrutura”, pontua. “Nada de verbas, de modernização, de políticas de recursos humanos eficientes. Por exemplo, a proposta de criação de carreira de Estado para médicos e outros profissionais da saúde no âmbito do SUS tem sido ignorada, retardando a fixação dessas categorias em municípios distantes”, destaca o conselheiro.
 
No texto, o conselheiro responde a uma pergunta feita pelo jornal ao CFM e ao ministro da Saúde sobre o programa. Leia, abaixo, a íntegra do artigo de Carlos Callegari.
 
Um ano depois, programa Mais Médicos ainda gera polêmica
 
DEBATE
 
Desiré Carlos Callegari
 
O Programa Mais Médicos chega ao fim de seu primeiro ano confirmando sua vocação de caráter eleitoreiro, feito sob encomenda para facilitar o caminho de alguns candidatos. Foi uma aposta midiática do governo que, após os protestos de junho de 2013, espertamente se apropriou do pleito legítimo da população por melhoria da assistência para oferecer um projeto que não dá respostas definitivas aos gargalos que afetam a Saúde.
 
Desde então, pouca coisa se viu, além da importação maciça de intercambistas cubanos, que não comprovaram habilidades em exames de revalidação de diplomas. Permanece a carência de recursos, a gestão pífia e a falta de infraestrutura, um contexto que toma o atendimento nos postos de saúde um exercício de fé para profissionais e pacientes, como têm denunciado o Conselho Federal de Medicina(CFM) e outras lideranças e entidades do setor.
 
O quadro de abandono parece orquestrado para aumentar o descrédito da população no Sistema Único de Saúde (SUS), modelo que é referência internacional, mas que sofre consequências de longo apagão político. Apático, o governo vira as costas às propostas estruturantes, que poderiam atacar de vez os problemas. Assim, os anunciados avanços na economia ficam ao largo da área social.
 
Nada de verbas, de modernização, de políticas de recursos humanos eficientes. Por exemplo, a proposta de criação de carreira de Estado para médicos e outros profissionais da saúde no âmbito do SUS tem sido ignorada, retardando a fixação dessas categorias em municípios distante, como fizeram juizes e promotores, quando passaram a contar com este tipo de estímulo. Preocupa-nos o futuro. E preciso cobrar dos gestores as medidas que o País espera. A demora do Estado em responder aos anseios do povo tem brutalizado a Saúde, trazendo desmotivação aos que tentam seguir adiante sem condições de exercer uma medicina de qualidade e nem de estimular uma boa relação médico-paciente.
O Brasil tem urgência de ser bem tratado!
 
1º SECRETÁRIO DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA
Tag(s): Notícias

Relacionadas

26º Web Meeting SBAO - Governança corporativa

Governança corporativa: uma estratégia para a evolução de clínicas familiares? Veja nosso Webmeeting com o Edson Lopes Cedraz Filho, um profissional com 20...

+

25º Web Meeting SBAO - Lei geral de proteção de dados: o que muda na área da saúde

Lei Geral de Proteção de Dados: o que vai mudar para área de saúde. Saiba mais em nosso Webmeeting com os advogados do escritório BMA, Dr. José Eduardo V....

+

Prêmio SBAO

O Prêmio SBAO vai ocorrer de dois em dois anos durante os Congressos Internacionais. Em breve faremos um comunicado com o regulamento para 2020 desse tão...

+

Temas do Congresso SBAO

Oportunidades, indicadores, acreditação, qualidade e governança são alguns dos temas do próximo Congresso SBAO. Veja a grade completa!

+

19º Webmeeting SBAO - Salário emocional como fator competitivo nas organizações

Veja nosso Webmeeting SBAO com a Raquel Vilar, ela fala sobre o Salário emocional como fator competitivo nas organizações.

+

20º Web Meeting SBAO - Os Componentes de uma Equipe de Alta Performance

Veja a palestra com o Augusto Lyra, ele fala sobre Os componentes de uma equipe de alta performance.

+

21º Web Meeting SBAO - Remuneração na área da saúde, existe um modelo ideal

Veja nosso Webmeeting com o Dr. Frederico Pena, ele fala sobre remuneração na área de saúde.

+

22º Web Meeting SBAO - Lidando com as preferências comportamentais da equipe

Veja o Webmeeting SBAO com a Thais da Silva Santos, ela fala sobre como lidar com as preferências comportamentais da equipe

+

23º Web Meeting SBAO - Discussão Sobre Cases de Sucesso

Neste Webmeeting a Faiga Marques e Cyntia Santiago farão uma discussão sobre Cases de Sucesso!

+

24º Web Meeting SBAO - O médico é um bom gestor?

O médico é um bom gestor? Saiba mais em nosso Webmeeting com o Dr. Vagner Loduca Lima.

+

Programação SBAO no XX Congresso Internacional da SBO

Participe da programação SBAO durante o XX Congresso Internacional da SBO, entre os dias 28 e 30 de junho no Rio de Janeiro.

+

17º Webmeeting SBAO - A Prática do Planejamento Estratégico na Oftalmologia

Planejamento Estratégico é modismo? Por onde começar? Quais os desafios e benefícios do PE? Aprenda mais sobre a Prática do Planejamento Estratégico na...

+

Praia do Flamengo, 66B sala 401 - Flamengo - Rio de Janeiro - RJ
Cep: 22210-903 Tel: 21 2285-6052


Copyright © 2014 - SBAO - Sociedade Brasileira de Administração em Oftalmologia